Trecho da ERS-324 entre Casca e Vila Maria já foi recuperado

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), vinculado à Secretaria dos Transportes, concluiu no último sábado (2) a recuperação da ERS-324 no segmento entre Casca e Vila Maria. Iniciados em setembro deste ano, os serviços estão incluídos no Contrato de Restauração e Manutenção (Crema) da região de Passo Fundo – Palmeira das Missões.

“Encerramos no último final de semana as atividades no asfalto. Trabalhamos com empenho até aos feriados e finais de semana para agilizar a recuperação de um dos principais corredores rodoviários do Norte do Estado”, declara o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti. A sinalização provisória também está instalada e o próximo passo é a implantação das soluções definitivas. “Precisamos instalar as tachas e os tachões na pista, o que deve acontecer nos próximos dias. Mas já podemos afirmar que os motoristas que demandavam ações na estrada podem trafegar num trajeto renovado.”

O segmento de 22 km entre Casca e Vila Maria foi incluído este ano no programa Crema para atender a uma demanda da comunidade. Aproximadamente R$ 17 milhões são destinados à obra. Após o término da sinalização, o trecho deve continuar recebendo ações de conserva permanente até 2021. “Essa manutenção está prevista no Crema e garante à população benefícios em longo prazo. Portanto, não é apenas uma melhoria pontual”, reforça Uberti.

No total, o Crema Passo Fundo abrange 530 quilômetros de vias pavimentadas em dois lotes: Passo Fundo – Cruz Alta e Passo Fundo – Palmeira das Missões. O investimento é de, respectivamente, R$ 101 milhões e R$ 138 milhões, com recursos financiados pelo Banco Mundial (Bird).